O quê que eu to fazendo?

por hora, me sinto inconsequente!

Perco o controle e, mais uma vez a emoção fala mais alto do que a razão. Tantos dias tentando domesticar-se mas  , uma avalanche de mim mesmo se desprende.

Que luta em vão!

Permitir-se…
hoje eu deixei, e conscientemente, quis tentar. Nunca saberia se não o fizesse. Posso, e provavelmente, devo bater de frente a uma muralha de bronze. Um castelo murado e impenetrável.

Não que eu seja otimista, ou pessimista.
É natal!

Eu respeitaria algo tão forte assim.

Anúncios

Eu vou sentir sua falta em manhãs, tardes e noites;
dormindo, acordando, trabalhando ou simplesmente vivendo a vida…seguindo em frente!
Por todos os dias, para sempre, eu vou sentir sua falta.

Mas não é porque duas pessoas se amam que elas têm que ficar juntas; pois nem sempre é sobre o quanto se ama.

Nunca mais se viram, nunca mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos.

Nunca mais…